Notícias

Geral 27 de Julho de 2021

Julho Verde alerta para o câncer de cabeça e pescoço

Dia 27 de julho é o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. Durante todo o mês de julho a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG Brasil) e várias organizações trabalham para conscientizar a sociedade por meio da campanha Julho Verde. Trata-se de uma campanha que visa informar sobre o câncer de cabeça e pescoço, falando de promoção da saúde, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação.

O Inca estima que, no total, devem ser diagnosticados 685 mil novos casos de câncer no Brasil no triênio 2020-2022, incluindo todas as áreas da doença.A infecção pelo papilomavírus (HPV) tem contribuído, nos últimos anos, com o aumento na incidência desta doença, segundo a Sociedade Brasileira de Câncer de Cabeça e pescoço (SBCCP). São cerca de 41 mil novos casos anualmente, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Trabalhos brasileiros demonstram que cerca de 7% da população pode ter infecção pelo HPV detectada na boca.

O diagnóstico precoce e o rápido início do tratamento são fundamentais para a cura do câncer de cabeça e pescoço. Um dos principais problemas para o tratamento é o diagnóstico tardio, que ocorre em 60% dos casos, deixando sequelas no paciente.

Segundo levantamento do Inca, o câncer de boca, laringe e demais sítios é hoje o segundo mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata. Nas mulheres, prepondera o câncer da tireoide, sendo o quinto mais comum entre elas.

Outro alvo também atinge fumantes e pessoas que fazem uso frequente de bebidas alcoólicas. Porém é cada vez mais frequente o diagnóstico da doença em indivíduos jovens (menores que 45 anos), sem a exposição a estes fatores, com tumores originados pelo HPV.

Os tumores de cabeça e pescoço são uma denominação genérica do câncer que se localiza em regiões como boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe (onde é formada a voz), esôfago, tireoide e seios paranasais.

Prevenção

• Mantenha a higiene bucal em dia. Para os pacientes expostos aos fatores de risco, buscar o acompanhamento regular com um cirurgião de Cabeça e Pescoço é fundamental para detectar precocemente alguma lesão suspeita
• Abandone o cigarro. Esta é a melhor maneira de evitar a maioria dos cânceres de boca, faringe e laringe
• Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas
• Procure manter uma alimentação saudável
• Nunca se esqueça do protetor solar
• Comente com seu médico de confiança, seja ele o cardiologista, ginecologista ou o clínico geral, a necessidade de incluir no seu check-up o ultrassom de tireoide, caso isso ainda não esteja sendo feito de rotina.

*Com informações SBCCP e HCor


X
Configuração de Cookies:
Cookies Essenciais (Obrigatório)

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança e suas permissões.

Cookies Analíticos

Esses cookies nos ajudam a entender como os visitantes interagem com nosso site.